segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Sobre os Nossos Colírios

Bem, esse post é só para avisar que os colírios serão trocados mensalmente...O Chace foi o de Janeiro...Quem será o de fevereiro?
Se quiserem ver os colírios anteriores basta clicar aqui.
Bem por enquanto só tem o Chace...mas em alguns meses teremos o time dos sonhos...
rsrsrs

C YA!

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Encara ou vira a cara?

Quem nunca se viu naquele momento de filme no qual você fica encarando uma pessoa, e quando ela te olha você vira a cara?
Quantas mão para o alto...rsrsrs
Hoje em dia eu considero o "Vira a Cara" burrice...Talvez se eu tivesse usado o "Encara" minha situação (de beijos) pudesse ser melhor.

Hora da histórinha, mas não é da Carochinha...

Há alguns anos atrás, quando eu estava na oitava série , tinha um garoto muito bonito na escola.
Ele tinha olhos azuis, musculoso, pele morena bem clara e o cabelo era meio encaracolado. Tinha vários boatos de que ele era bi.
Bem, meus olhos nunca tiveram cerca, e sempre falaram mais que a minha boca. Sempre que ele passava eu olhava até que ele sumisse.
Certa vez eu o estava encarando enquanto ele passava na minha frente. Encarei, encarei, encarei. por um instante vi que ele também me olhava. Foi aí que cometi a burrice de "vira a cara". Fiquei constrangido...e fiquei mais ainda porque quando eu o olhei novamente ele ainda tinha os olhos em mim.
Podem rir, mas aquele dia foi mágico para mim...Eu tinha certeza de que ele me vira...


Hoje em dia eu não viraria a cara.
Como diz minha prima: Tem que mostrar. Ele tem que saber o que você quer...Safadeenha!!!

E vocês, o que fazem? Encaram ou Viram a cara?

Colírios

Okay, não são os Colírios da Capricho...São os colírios mundiais.
Todos nós pensamos no cara perfeito, não?
Então...se tem o cara perfeito, não na sua mente (um ator, cantor...), deixe um comentário com o nome dele.
O primeiro é o Chace Crawford de Gossip Girl...Tem algum cara mais lindo do que ele?
Se acham que sim: digam...
Se existisse um tipo de Papai Noel 24h eu pediria um Chace pelo telefone.

sábado, 22 de janeiro de 2011

"todo gay nasce gay"

Vejam o que acabei de ler no Yahoo! OMG!

É uma entrevista do Ricky Martin...

São Paulo, 22 jan (EFE).- O cantor Ricky Martin, que no ano passado assumiu sua homossexualidade, afirmou que "todo gay nasce gay" e essa é sua "natureza", ao mesmo tempo em que assegurou que muitas de suas fãs disseram que não vão voltar a escutar sua música.
"Queria que o mundo entendesse que amar da forma como amo não é revolucionário, é algo natural, minha natureza me fez assim. Todo gay nasce gay. A vida social se opõe a essa naturalidade e ali começam os conflitos", declarou Martin em entrevista concedida à revista "Veja".
Na entrevista, o cantor admitiu que "muita gente" no mundo todo disse que não voltará a escutar sua música, depois que ele confessou ser homossexual.
Ricky Martin, de 39 anos e ex-integrante do grupo Menudo, tem dois filhos, que nasceram em 2008 gerados em uma barriga de aluguel, e foi o "olhar" deles que o motivo para assumir publicamente sua opção sexual.

    Eu concordo com ele. Nascemos como somos...gays...Mas, muitas vezes eu me pergunto: Será que alguém, que não nasceu como nós, gays, pensa do mesmo jeito que nós pensamos? Será que pensam que nascemos assim? Tem uns que dizem que é falta de vergonha na cara...O que eu acho ridículo. E vocês, o que acham?

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

My Life As Bruno

Olá!!!

     É estranho começar tudo novamente. Criar outro blog.
     Estou criando esse blog para falar das coisas que estão na minha cabeça. Das coisas que eu penso, mas não tenho coragem para contar, ou alguém para me ouvir.
     Vou soar ridículo criando rótulos, mas vamos lá...
     A primeira coisa que quero dizer é que sou gay. É o que eu mais tenho vontade de gritar no momento.
     Ficar com isso guardado comigo me sufoca. Não me permite viver. É uma meia-vida. Só vivo a parte que acho que as pessoas julgam certa. Enquanto faço isso me mato aos poucos.
    Sou tímido, nunca gostei muito de festas (isso desde que eu era criança). Sabe quando você vai a um lugar e acaba se perguntando: "O que eu estou fazendo aqui?" .Então, esse sou eu. Acho que uma das coisas que me fez detestar festas foi ter que manter meu "segredo". Consigo controlar minha boca, mas não meus olhos.
    Minha boca se mexe pouco, mas meus olhos são tagarelas.
    Lá estava o Bruno nas festas. Passavam vários meninos bonitos. Eu, bobo, criava um conto de fadas sempre que um passava. O problema era que o conto de fadas sempre virava pesadelo. Sou um tipo de repelente de garotos. É ódio a primeira vista. Quieto eu estou errado.
     Isso me corroia por dentro. Por fora eu esboçava sorrisos, mas por dentro tentava curar as feridas que meus contos de fada frustrados me causavam.
     Hoje quase não saio. Saio quando não tenho escolha. Não quero fantasiar novamente.
     E você? Qual foi a coisa mais dolorosa que já lhe aconteceu por não poder ser quem você é?