quarta-feira, 18 de junho de 2014

Os Príncipes e o Tesouro



    Sim, eu desapareci.
    Bem, não desapareci de verdade. O grande problema (motivo da minha ausência aqui no blog) é a minha internet (que é discada)...
    Bem, voltando para o título da postagem...

    “...e os dois príncipes viveram felizes para sempre.”
    Alguma coisa diferente na frase? Bem, essa frase faz parte de um conto de fadas no qual os príncipes são gays. Nada de princesas, bitch!


    “Apesar de a história começar com a trama típica do príncipe em uma busca para salvar a princesa e encontrar o tesouro, ela se transforma em uma história de amor quando os dois príncipes, Earnest e Gallant, se conhecem durante suas missões, fazem algumas alto-descobertas, e percebem que o verdadeiro tesouro que eles encontraram é o amor que tem um pelo outro. Eles até se casam!”


    O livro foi escrito pelo, abertamente gay, professor Joffrey A. Miles (Professor da University of the Pacific.)

    “Eu realmente queria uma história como essa quando eu era um garotinho. Eu sabia que histórias de príncipes se apaixonando por princesas não se aplicavam a mim e a minha vida. Eu soube bem cedo que eu nunca me casaria com uma princesa. Então eu escrevi essa história para crianças, mas eu também escrevi para qualquer um que queira ler um conto de fadas de dois homens que se conhecem, partem em uma aventura, se apaixonam, se casam, e vivem felizes para sempre com seus belos príncipes.”

    Quando perguntado em relação a maneira que as crianças estavam vendo o livro ele disse:

    “Estou feliz por dizer que as crianças amam a história como amam os outros contos de fadas famosos. As crianças veem que a história é sobre duas pessoas que se apaixonam. Toda as crianças que leram a história não a acharam atípico que os dois personagens que se casaram fossem dois homens. As crianças parecem ver que o amor pode acontecer entre duas pessoas independente do gênero do casal. Eu fico impressionado com o quão fácil é para as crianças compreenderem e o quão difícil é para alguns adultos compreenderem.”

    O livro já tem uma sequencia que se chama “Os príncipes e o dragão” (The Princes and The Dragon)... Miles pretende continuar escrevendo sobre Earnest e Gallant começando uma família e criando um casal de gêmeos.

    Bem, meu inglês não é dos melhores... Fui traduzindo do jeito que eu entendia... Mas aqui está o link da página caso queiram conferir...

    Para conferir a matéria original clique em GLAAD.


    Uma coisa que me deixou muito feliz.
    Sempre, quando eu era criança, via os casais se formando no final dos filmes da Disney... E nenhum daqueles casais me representava. Eu podia sonhar com um príncipe encantando, mas príncipes encantados são para princesas. Meninos não encontram príncipes. Pelo menos era assim antes. Sei que vai chover de gente falando contra. Dizendo que estão incitando a homossexualidade nas crianças. Mas eu penso o oposto. É uma chance para as crianças que são homossexuais se sentirem bem em relação ao seu próprio futuro e para as que não são homossexuais é bom para que conheçam a diversidade.
Tenho vinte e três anos, mas estou louco para ler esse conto de fadas, talvez eu faça uma viagem dentro de mim e mostre para o eu mais novo que existem contos de fadas para pessoas como ele. Que existe um “viveram felizes para sempre” para gays também...
    Vou dormir feliz depois de ler isso... Sério... E agora começa a minha busca desenfreada pelo conto de fadas... Se eu achar alguma coisa coloco aqui ou na página do facebook ou no twitter...

    Falando nisso:
    Sigam: gaythings_br
    Curtam: GayThings_BR


Um comentário:

  1. Tambem gostei da previa do livro , vou lelo , e vc estar certa autor(a) sobre o livro .

    ResponderExcluir